Aluno aprendendo o que é uma monografia

Guia completo com informações relevantes para entender o conceito de uma monografia acadêmica. 

Em nosso conteúdo de hoje reservamos um destaque especial para as monografias.

Aprenda em primeira mão, conceito de monografia, quais são os tipos, finalidade da monografia de conclusão de curso, partes que a constituem e como fazer uma monografia com a estrutura certa.

Bastante informação, não é?

Essas informações que você obterá serão de grande utilidade para o seu desempenho acadêmico, quando a sua faculdade lhe solicitar esse tipo de produção.

Vamos ao conteúdo!

O que é uma monografia? 

Conceito de monografia: professor explicando ao aluno o que significa

Monografia acadêmica é um texto com finalidade de divulgar informações necessárias sobre o tema escolhido. 

Vamos começar bem do comecinho?

Se você está se perguntando o que significa uma monografia, saiba que esse tipo de produção nada mais é do que um texto que tem como finalidade compilar e transmitir informações referentes a um tema específico. E tem mais…

Em outras palavras, podemos dizer que uma monografia é:

  • Uma monografia é um tipo de trabalho textual que tem como finalidade transmitir informação referente a um tema específico, o qual se faz mediante um processo de compilação de dados que serão plasmados posteriormente no texto.
  • O objetivo principal deste tipo de trabalho escrito é oferecer ao leitor a informação necessária sobre um novo tema ou conhecimento. Também se pode utilizar para dar uma perspectiva diferente diante de um determinado tópico.
  • A monografia se utiliza com certa frequência, tanto no setor acadêmico como no laboral, já que o nível de informação proporcionado é bastante amplo, sem chegar a necessitar do uso de alguma linguagem especializada. Além disso, é muito versátil na sua extensão, pelo que se pode ajustar nestes termos às necessidades do autor.

Características da Monografia Acadêmica 

Alunos produzindo uma monografia na faculdade.

Monografia Acadêmica é construída por características a partir do tema.

Entre as principais características que podemos mencionar para a monografia se encontra o foco dela, que vai em direção a um único tema.

Este tema abordado pode ser de origem jornalística, científica, social ou qualquer outro.

É importante que, em relação a isso, se estabeleçam os resultados que o autor do trabalho espera alcançar, bem como os limites da sua execução.

Para tal finalidade, é necessário concretizar o corpo do trabalho textual e o marco teórico, levando em consideração um projeto de pesquisa elaborado anteriormente. Este só se realiza corretamente ao seguir a estrutura básica da monografia, ainda que ela possa variar um pouco de instituição para instituição.


Transforme seu tema em um excepcional TCC ou Projeto de Pesquisa! Equipe especializada para escrever sua pesquisa sob medida (quantas páginas precisar), garantindo originalidade e entrega dentro do seu prazo! Resolva sua pesquisa solicitando aqui.
 

A recopilação da informação necessária é feita com base em diferentes fontes, portanto, é vital que, ao criar a sua monografia de conclusão de curso, você procure referências consolidadas para a sua execução.

Ao longo da escrita da monografia de final de curso, essas referências deverão aparecer como paráfrases ou citações literais.

Além disso, também é importante considerar uma das mais importantes características, a objetividade, pois a opinião pessoal do autor é deixada um pouco de lado nesse tipo de produção acadêmica. Conheça mais sobre a linguagem para pesquisas.

Principais Tipos de Monografias na Faculdade 

Estudante escrevendo quais os tipos de monografias e trabalhos de conclusão de curso

Principais modelos de monografias de faculdade e suas particularidades.

Como já apontamos anteriormente, a estrutura de uma monografia pode variar um pouco de instituição para instituição. No entanto, ela segue alguns passos básicos, como os que serão mencionados mais adiante neste artigo.

Apesar dessas diferenças e variações, vamos nos basear no conteúdo para estabelecer 3 tipos principais de monografias que podemos encontrar nas faculdades espalhadas por todo território nacional e internacional. São eles:

  • Monografia de pesquisa: se assemelha a feita na pesquisa científica, ao ter um enfoque em direção a um tema novo; é necessária a explicação de como se realiza o estudo de modo detalhado.
  • Monografia de compilação: para escrever um texto deste tipo o autor precisa ser bastante cuidadoso, já que se compila a informação necessária para fazer uma análise, evitando repetir juízos de outros autores.
  • Monografia de análise de experiências: esse tipo de monografia é útil para situações que são levadas para a prática, em função de que expõe a experiência vivida e compara com outras experiências existentes para realizar as respectivas conclusões.

Principais partes de uma Monografia Acadêmica de conclusão de curso 

Aluno escreve como é a organização de uma monografia de final de curso

Monte e desenvolva em partes uma monografia acadêmica de conclusão de curso com nosso passo a passo

Se você está se perguntando agora se realmente é relevante saber como se organiza uma monografia, saiba que a resposta para essa pergunta é: “com certeza”.

Aliás, devemos mencionar que este é um dos aspectos imprescindíveis que você deve conhecer. Isso porque permite manter uma ordem lógica que ajuda a organizar corretamente as ideias para que o leitor as compreenda com maior facilidade.

Portanto, antes de iniciar o trabalho propriamente dito, veja a seguir quais são as partes preliminares de uma monografia:

  • Capa: O autor do trabalho deve sinalizar quais são os dados iniciais referentes ao seu trabalho. Isso geralmente varia de universidade para universidade, portanto consulte o manual institucional. Geralmente vai escrito o nome da instituição, nome do curso, nome do autor e título da monografia.
  • Dedicatória e Agradecimentos: não são obrigatórios, mas você pode fazer se achar relevante.
  • Epígrafe: Poderíamos dizer que a epígrafe é uma espécie de aperitivo para o seu trabalho, ou seja, é nela que você pode usar alguns recursos para chamar atenção do seu leitor para ler o texto completo.
  • Introdução:  localizadas as partes preliminares da monografia, deve-se incluir a introdução. Esta seção apresenta uma ideia geral do que será expresso no conteúdo. Além disso, são incluídos dados contextuais e algumas definições que ajudam a entender o assunto.
  • Desenvolvimento: Na sequência, deveremos inserir o desenvolvimento do trabalho, que basicamente é o corpo da pesquisa, apresentando como o estudo foi feito e as discussões a que se chegou.
  • Conclusões: Na sequência, são incluídas as conclusões, onde o autor do trabalho explica, de modo sintetizado, o que foi encontrado no conteúdo do texto. É possível adicionar um fechamento, recomendação e outros dados pertinentes nesta etapa da monografia.
  • Bibliografia: Posteriormente, se apresenta a bibliografia onde se indicam as fontes consultadas para realizar o trabalho, de modo que se o leitor desejar, ele possa pesquisá-las no futuro.
  • Anexos: por fim, localizam-se os anexos, trata-se da exposição de material gráfico complementar que por algum motivo não foi colocado no corpo da obra e é apresentado nesta seção.

Aprenda a fazer uma Monografia de final de curso 

Acadêmicos aprendendo sobre trabalho monográfico.

Dicas principais para desenvolver uma monografia acadêmica

Agora que você já tem o conhecimento de como se estrutura uma monografia de final de curso, é chegada a hora de conhecer quais são os principais procedimentos para desenvolver esse tipo de produção textual.

  1. Escolhendo e delimitando o tema da monografia: com base em uma ideia geral, pergunte sobre as fontes de informação para definir se há dados suficientes e que, além disso, ajudam a delimitar o assunto.
  2. Criação do problema de pesquisa: uma vez que você tenha o questionamento inicial sobre o assunto, você pode fazer um primeiro rascunho ou texto. Será útil definir o que você deseja alcançar, como será feito e por quê.
  3. Esboço: com base no texto já feito, é hora de esboçar a monografia, facilitando assim o processo de preenchimento de acordo com os títulos criados e sua ordem.
  4. Redação: conforme já mencionado, a partir do esboço feito anteriormente, passamos a começar a escrever o conteúdo. Nesta seção, você pode integrar as ideias incorporadas na declaração do problema, desde que seja apropriado.
  5. Siga a ordem: é aconselhável começar escrevendo o corpo da monografia, depois as conclusões e assim tendo uma ideia ampla sobre o conteúdo, escreva a introdução.
  6. Revisão da sua monografia: Depois de escrevê-la, é hora de lê-la completamente, linha por linha. Corrija os erros encontrados, verifique se a ordem está correta, adicione os anexos e dê os retoques finais.

→ Você também pode ler o artigo que acabamos de publicar: Como começar uma monografia.

Agora você já tem todas as informações que precisa sobre a monografia do conceito à sua elaboração. Leia abaixo outros artigos para aprofundar e realizar sua pesquisa.

♦ ♦ ♦

Dificuldades com seu Projeto ou qualquer tipo de TCC? Deixe com a gente! Profissionais qualificados de diversas áreas, prontos para entregar seu trabalho sem plágio, com garantia e dentro do prazo. Receba vários orçamentos! Resolva sua pesquisa solicitando aqui.

♦ ♦ ♦

Comente abaixo o que achou mais interessante sobre esse tipo de produção e se já está na fase de escrita, desejamos boa sorte!