Então você está à procura de um esqueleto de TCC – ou mesmo um esqueleto de pré-projeto de TCC – para ter uma base para se orientar, certo? Este artigo tem como objetivo principal servir de orientação ao estudante universitário que está criando seu pré-projeto ou no momento de desenvolver seu TCC propriamente dito (etapa final do curso de ensino superior).

Inicialmente, vamos abordar o que contém estes diferentes esqueletos – do pré-projeto e do TCC -, como funciona o sistema de elaboração desse tipo de trabalho, e quais são os itens que não podem faltar nessas produções acadêmicas, através de uma série de instruções que lhe ajudarão a colocar as ideias em prática e executar seus trabalhos plenamente.

Durante as explicações neste artigo, vamos indicando outros para você aprofundar ainda mais sua produção acadêmica. Além de apresentar outro artigo com um passo a passo e vários modelos de TCC.

Aproveite o conteúdo e faça uma boa leitura!

Esqueleto de um projeto de TCC

Aprenda a montar seu Pré-Projeto de TCC a partir de nosso exemplo de esqueleto 

Esqueleto de pré-projeto de TCC

Antes mesmo de partirmos para o TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) propriamente dito, boa parte das instituições exigem que apresentemos um projeto de TCC antes (ou pré-projeto).

Isso é feito para que seja analisada a pertinência do estudo e lhe autoriza a seguir adiante com a sua proposta.

No caso do esqueleto de pré-projeto de TCC, este deverá contar com os seguintes elementos, embora possa ter pequenas variações de uma universidade para outra:

Título do pré-projeto de TCC

Este item deve ser pensado de modo que o leitor, ao ter contato com o título, já compreenda o objetivo do seu estudo, tendo referência a uma situação problema.

Introdução

Esta é a seção do seu pré-projeto de TCC onde devemos fazer referência formal ao tema do nosso estudo, manifestando o propósito/objetivo da pesquisa, bem como também, as razões que motivaram a sua realização e os fundamentos que a apoiam.

Sua extensão pode oscilar de 4 a 6 páginas, dependendo das características do projeto. Além disso, deve ser um texto escrito em prosa e deve conter os seguintes elementos informativos:

  1. Antecedentes do estudo;
  2. Problemática (mudança, necessidade ou oportunidade) que dá origem ao seu TCC;
  3. Justificativa para criação do pré-projeto de TCC;
  4. Objetivos do estudo (geral e específicos). A introdução deve terminar com a apresentação desses objetivos.

Você pode aprender mais sobre cada ponto destes em:

Esqueleto projeto de TCC: itens que compõem sua pesquisa

Saiba quais são os itens do esqueleto do projeto de TCC

Desenvolvendo os itens do esqueleto do pré-projeto de TCC

Para ficar mais didático, vamos detalhar para você cada item do esqueleto do projeto.

  • O problema, mudança ou oportunidade é o que origina a ideia do projeto. Um bom planejamento do mesmo permite uma adequada orientação teórica e metodológica a desenvolver na pesquisa. Para uma melhor compreensão é conveniente dividir o problema em unidades mais simples, a fim de determinar as estratégias metodológicas de pesquisa e solução.
  • A justificativa corresponde à definição dos motivos pelos quais se realiza a pesquisa. Com a justificativa se busca responder as perguntas como: Para que foi realizada essa proposição de projeto de TCC? Porque eu escolhi esse tema?
  • Os objetivos representam a definição do que se pretende fazer com o trabalho. Em sentido amplo, são os objetivos que definem até onde iremos chegar com o nosso estudo.

Os objetivos devem ser redigidos de forma simples, concreta e contemplando os seguintes itens:

  1. Iniciar com um verbo no infinito. Exemplo: “Teorizar sobre o ensino de literatura nas escolas”.
  2. Devem determinar, primeiro, o que se quer fazer e depois o para que se faz tal coisas;
  3. Limitar a redação em frases concretas.
  4. Não incluir informação desnecessária como atividades, indicadores de cumprimento entre outros.
  • O objetivo geral deve descrever a finalidade principal que persegue a pesquisa, o motivo que lhe dará vigência. Está diretamente relacionado com o produto do projeto/pesquisa.
  • Os objetivos específicos devem representar o que se pretende alcançar de forma concreta e que contribuem na obtenção do resultado do objetivo geral. Os objetivos específicos devem ser apresentados em ordem de prioridade, sempre de acordo com as características do tema de trabalho. Estão diretamente relacionados com o que queremos entregar ao longo do projeto/ pesquisa. Por cada objetivo específico se redigirá um capítulo de projeto de graduação.
  • Marco teórico: o marco teórico de projeto de TCC pode ser definido como aquele modelo conceitual, onde se descreve como se teorizam as relações entre vários fatores que foram identificados como importantes para o problema. Por teoria se entende um conjunto de conceitos inter-relacionados sistematicamente, propostas, definições e variáveis que são expostas antecipadamente com a finalidade de explicar e predizer os fatos que serão investigados pelo estudo.

Todo marco teórico deve conter os seguintes elementos:

  1. Aquelas variáveis (elementos ou temas de trabalho) que são relevantes para o estudo e que foram apontadas por outros teóricos;
  2. Estabelecer relação entre o seu estudo e o que os teóricos dizem a respeito da perspectiva e conceitos que você trabalha.

Aprofunde ainda mais sobre o Marco Teórico do TCC.

  • Marco metodológico: define, descreve e analisa os procedimentos que servem para formar um critério científico (ordenado), utilizado na condução de qualquer projeto ou pesquisa.

Aprofunde ainda mais sobre o Marco Metodológico do TCC.

Esqueleto pronto do TCC

Agora você vai ficar por dentro do Esqueleto de seu TCC

Esqueleto de um TCC 

Independentemente se o seu TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) for escrito como forma de pesquisa, revisão bibliográfica, recopilação de informações ou exploração de campo, este terá uma extensão adequada ao tema escolhido e esqueleto específico para a sua apresentação.

Primeiramente, você precisa saber que um TCC costuma ter uma quantidade mínima de 30 páginas (embora algumas universidades aceitem TCCs em formato artigo, podendo ter 10 – 15 páginas), e no máximo 60 páginas.

Além disso, esse tipo de produção deve respeitar, na medida do possível, um esqueleto fixo e que é cobrada por boa parte das instituições universitárias, que é a seguinte:

  1. Índice;
  2. Resumo;
  3. Palavras-chave (entre 4 e 6);
  4. Introdução;
  5. Objetivos;
  6. Metodologia;
  7. Resultados e Discussão;
  8. Conclusão;
  9. Referências Bibliográficas.

Também precisamos mencionar que, um TCC é fruto de uma pesquisa pessoal sobre um tema previamente acordado entre o estudante e seu professor orientador da universidade.

Além disso, esse tipo de trabalho deve apresentar o resultado de uma pesquisa, demonstrando capacidade para refletir sobre um tema, estruturando-o de modo que o estudante mostre, de forma definitiva, sua capacidade para pesquisar.

Para elaborá-lo, o aluno deve documentar seu estudo consultando diversas fontes, as quais devem servir para construir os resultados, fundamentando qualquer interpretação ou conclusão que você vier a ter.

As fontes empregadas, sejam livros, artigos, revistas, periódicos, páginas web, etc., devem ser citadas corretamente, conforme normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), para não acabar com o seu estudo sendo considerado plágio, o que acaba não validando o seu TCC para defesa.

Lembre-se que, as fontes adquirem valor ao serem utilizadas para desenvolver um argumento, ou para descrever um tema, a partir de uma estrutura sistemática.

Não se trata de assumir posições ou defender uma opinião pessoal, mas sim de analisar de forma sistemática os diferentes aspectos de uma questão.

Os conceitos utilizados devem estar definidos e as afirmações que se realizem precisam sustentar-se a dados relevantes.

Além disso, o TCC precisa ter um esqueleto e uma escrita clara, centrando no tema e abordando seus aspectos mais importantes.

  • Na primeira página deve incluir o título do seu trabalho, o nome e sobrenome do autor do TCC, o nome e sobrenome do orientador e cidade e data de entrega do TCC ao final da página.
  • A segunda página deve incluir os agradecimentos, se quiser (não é item obrigatório);
  • A terceira página (e seguintes, em seu caso) devem estar destinadas ao índice.
  • Depois do índice, deve ser criada uma introdução, na qual serão expostos claramente os objetivos do trabalho, a tese a ser posta em prática e o procedimento que será utilizado para comprovação da tese.
  • Desenvolvimento do trabalho.
  • O trabalho deve fechar sempre com um apartado de conclusão/ considerações finais e com uma bibliografia (esses itens são todos obrigatórios)

Você vai poder acompanhar melhor este passo a passo com muitos exemplos no artigo Pré-Projeto de Pesquisa Pronto → Exemplo Comentado + 65 exemplos prontos.

Se você gostou de nosso artigo, considere compartilhar e aprenda ainda mais com nossos conteúdos.