ABNT e Estrutura de Resenha Crítica

Entenda as Normas ABNT e a Estrutura da Resenha Crítica 

Se você precisa entender a estrutura da resenha crítica e como ficam as regras ABNT para este tipo de produção textual, você chegou ao lugar correto.

Temos recebido muitos pedidos sobre este tipo de texto, que é bastante solicitado no meio acadêmico e muitos estudantes possuem dúvidas de como é a estruturação de uma resenha crítica.

Sabemos que o pensamento crítico é fundamental para todos e desenvolvê-lo é, inclusive, um dos objetivos que permeiam a criação e desenvolvimento de um curso superior.

Afinal, não é à toa que tantos estudantes são instruídos e direcionados a criação de textos com caráter crítico ao longo de seus estudos.

Sendo assim, a fim de esclarecer qual a estrutura ideal para uma resenha crítica, além das normas ABNT usadas, separamos todas as informações neste conteúdo que você está prestes a ler.

Resenha Crítica e sua estruturação

Conheça as especificações estruturais e de formatação para Resenhas Críticas

Entenda a estrutura de resenha crítica

As resenhas críticas, tanto curtas (uma página) quanto longas (quatro páginas), costumam ter uma estrutura semelhante.

Os títulos geralmente são opcionais para revisões mais longas e podem ser úteis para o leitor.

Cabe ao escritor da resenha seguir a estrutura pedida na descrição do trabalho, porém para proporcionar uma visão ampla de como ele pode ser organizada, separamos abaixo a estrutura mais comum de resenhas críticas em 4 pontos principais.

Logo a seguir, daremos dicas essenciais e apresentaremos como a ABNT vai ajudar a você na formatação e organização de seu material.

Você também pode gostar de:

Resenha Crítica: elaboração da sua estrutura

Resenha crítica: 4 partes de formam a montagem do seu trabalho 

4 pontos que compõem a estruturação e organização de uma Resenha Crítica 

Introdução: A duração de uma introdução é geralmente um parágrafo para uma revisão de artigo de periódico e dois ou três parágrafos para uma revisão de livro mais longa. Inclua algumas frases de abertura que anuncie o(s) autor(es) e o título, e explique brevemente o tópico do texto. Apresente o objetivo do texto e resume a principal descoberta ou argumento-chave. Conclua a introdução com uma breve declaração de sua avaliação do texto. Esta pode ser uma avaliação positiva ou negativa ou, como geralmente é o caso, uma resposta mista.


Transforme seu tema em um excepcional TCC ou Projeto de Pesquisa! Equipe especializada para escrever sua pesquisa sob medida (quantas páginas precisar), garantindo originalidade e entrega dentro do seu prazo! Resolva sua pesquisa solicitando aqui.
 

Resumo: Apresente um resumo dos pontos-chave juntamente com um número limitado de exemplos. Você também pode explicar brevemente o propósito/intenções do autor ao longo do texto e pode descrever brevemente como o texto está organizado. O resumo deve representar apenas cerca de um terço da revisão crítica.

A Resenha Crítica: A crítica deve ser uma discussão equilibrada e avaliação dos pontos fortes, fracos e características notáveis ​​do texto. Lembre-se de basear sua discussão em critérios específicos. Boas críticas também incluem outras fontes para apoiar sua avaliação (lembre-se de fazer referência).

Você pode escolher como sequenciar sua crítica. Aqui estão alguns exemplos para você começar:

  • As conclusões mais importantes para as menos importantes que você faz sobre o texto.
  • Se sua crítica for mais positiva do que negativa, apresente os pontos negativos primeiro e os positivos por último.
  • Se sua crítica for mais negativa do que positiva, apresente os pontos positivos primeiro e os negativos por último.
  • Se houver pontos fortes e fracos para cada critério que você usa, você precisa decidir em geral qual é o seu julgamento. Por exemplo, você pode querer comentar uma ideia-chave no texto e ter comentários positivos e negativos. Você pode começar afirmando o que há de bom na ideia e depois admitir e explicar como ela é limitada de alguma forma. Embora este exemplo mostre uma avaliação mista, no geral você provavelmente está sendo mais negativo do que positivo.
  • Em revisões longas, você pode abordar cada critério escolhido em um parágrafo, incluindo pontos negativos e positivos. Para resenhas críticas muito curtas (uma página ou menos), onde seus comentários serão mais breves, inclua um parágrafo de aspectos positivos e outro de negativos.
  • Você também pode incluir recomendações sobre como o texto pode ser melhorado em termos de ideias, abordagem de pesquisa; teorias ou estruturas usadas também podem ser incluídas na seção de crítica.

Conclusão e Referências: Este é geralmente um parágrafo muito curto. Neste parágrafo você deve:

  • Reafirmar sua opinião geral sobre o texto.
  • Apresentar brevemente as recomendações.
  • Se necessário, alguma qualificação ou explicação adicional de seu julgamento pode ser incluída. Isso pode ajudar sua crítica a parecer justa e razoável.

Já nas referências, se você usou outras fontes em sua revisão, inclua também uma lista de referências no final da revisão.

Técnicas para a Estruturar sua Resenha

Dicas importantes para elaborar uma Resenha Crítica de qualidade 

Dicas de habilidades importantes para a escrita acadêmica 

Em uma graduação ou mesmo uma pós, escrever bem é uma das características mais solicitadas e para aqueles que se assustam só de pensar em criar um texto, é preciso manter a calma e entender que essa é uma habilidade completamente treinável.

Resumir e parafrasear são habilidades essenciais para a escrita acadêmica e, em particular, a resenha crítica.

Resumir significa reduzir um texto aos seus pontos principais e às suas ideias mais importantes.

A extensão do seu resumo para uma revisão crítica deve ser apenas cerca de um quarto a um terço de toda a revisão crítica.

A melhor maneira de resumir 

  • Digitalize o texto. Procure informações que possam ser deduzidas da introdução, conclusão, título e títulos. O que eles dizem sobre os pontos principais do artigo?
  • Localize as frases de tópico e destaque os pontos principais enquanto lê.
  • Leia o texto novamente e faça anotações separadas dos pontos principais. Exemplos e evidências não precisam ser incluídos nesta fase. Geralmente eles são usados ​​seletivamente em sua crítica.

Parafrasear significa colocar em suas próprias palavras. A paráfrase oferece uma alternativa ao uso de citações diretas em seu resumo (e na crítica) e pode ser uma maneira eficiente de integrar suas notas de resumo.

A melhor forma de parafrasear 

  • Revise suas notas de resumo;
  • Reescreva-os com suas próprias palavras e em frases completas;
  • Use verbos e frases de relatório, por exemplo. ‘O autor descreve…’, ‘Smith argumenta que…’.;
  • Use aspas se incluir frases exclusivas ou especializadas do texto;
Conheça as normas ABNT para formatação da Resenha Crítica

Faça a sua Resenha Crítica dentro das normas ABNT

ABNT para resenha crítica 

Além de ser avaliado pelo pensamento crítico, o estudante também é avaliado por sua capacidade de organização do texto de acordo com as normas textuais vigentes.

No caso dos estudantes que fazem pesquisa científica no Brasil, a ABNT é o órgão responsável pela criação de normas técnicas.

♦ ♦ ♦

Dificuldades com seu Projeto ou qualquer tipo de TCC? Deixe com a gente! Profissionais qualificados de diversas áreas, prontos para entregar seu trabalho sem plágio, com garantia e dentro do prazo. Receba vários orçamentos! Resolva sua pesquisa solicitando aqui.

♦ ♦ ♦

Mais uma vez, o estudante não precisa se desesperar e ter medo da necessidade de formatar um trabalho.

No caso da ABNT para a resenha crítica, os aspectos de formatação recomendados são:

  • Apresentar o trabalho em tamanho A4, com espaçamento 1,5 cm, fonte Arial, tamanho 11 e com texto justificado.
  • A tabulação de parágrafos deve ser feita em 1,25cm e as margens devem ter 2,5 cm (superior), 2 cm (inferior), 2 cm (lateral esquerda) e 2 cm (lateral esquerda).
  • O cabeçalho do texto deve ser configurado em 1 cm e o rodapé em 0,5 cm, isso faz com que haja um maior aproveitamento da página.
  • O título da resenha deve estar centralizado, em tamanho doze, em negrito, com letras maiúsculas e minúsculas. Ao final do texto do título não deve ser colocado ponto final.
  • Abaixo do título, insira seu nome, instituição e e-mail, tamanho 10, em letra itálico e texto centralizado.
  • A numeração da página deve ser inserida no centro inferior, em fonte arial 10.
  • A resenha crítica não deverá exceder 3 páginas, tendo no mínimo 1 página.
  • Por se tratar de um texto de caráter crítico, a resenha deverá apresentar ao leitor do texto uma análise da obra em que a resenha foi baseada.
  • O autor do texto deve iniciar o trabalho com uma introdução, nesta etapa deve apresentar ao leitor o assunto tratado na obra de referência, assim como dados gerais, apresentar o autor e suas falas.
  • Durante o desenvolvimento da resenha, o autor precisará apresentar características da obra, seus aspectos positivos e negativos e também, se achar necessário, citar trechos da obra.
  • Na conclusão da resenha, o autor deverá expor sua crítica pessoal sobre o trabalhado analisado, se recomenda ou não, a quem e a que a o trabalho deve ser indicado.

E aí?

O que você achou das nossas informações sobre a estrutura de uma resenha crítica e a ABNT para resenha crítica?

Deixe seu feedback!