Saiba mais a respeito dos Estudos Observacionais

Informações valiosas sobre Estudo com Método Observacional 

Atualmente, muitos pesquisadores optam pelo método de estudo observacional em suas pesquisas, principalmente na área de psicologia e biologia, tendo em vista que através dele é possível observar e estudar as condutas das pessoas de um modo não reativo.

Além disso, são investigados contextos naturais, em que os sujeitos avaliados se comportam de modo espontâneo e onde o avaliado não intervenha, nem modifique nenhum aspecto contextual.

Ficou curioso para obter mais informações sobre o estudo observacional?

Então confira o nosso conteúdo de hoje até o final, já que iremos mostrar todos os detalhes sobre esta metodologia de pesquisa. Além de trazer um exemplo: metodologia observacional para o estudo do brincar na escola.

Confira!

Estudo observacional o que é?

Estudo Observacional: conceito e significado

O que é um estudo observacional?    

Antes de mais nada, é importante deixar claro o que é um estudo observacional. Mesmo que você já saiba. É bom fixar bem o significado e conceito.

Um estudo observacional nada mais é do que um tipo de estudo realizado de forma concreta e que é definido pelo seu caráter estatístico ou demográfico. E tem mais.

Também se caracteriza porque nele, o trabalho do pesquisador se limita à medição das variáveis que devem ser levadas em consideração na pesquisa.

No entanto, comparando com outros métodos de estudo, um estudo observacional vai ser mais difícil de se reproduzir no futuro por parte de outros pesquisadores, o que limita a experimentação a seu respeito.

Essa característica faz com que se trate de uma ferramenta que se destaca no plano de algumas ciências concretas sobre outras, como podem ser a sociologia, a biologia, e onde os estudos observacionais cumprem um papel primordial na hora de concluir pesquisas epidemiológicas, por exemplo.

Pontos relevantes que definem o Método Observacional

Método Observacional: estratégia e objetivo que estuda e observa a conduta de pessoas 

Outros detalhes sobre o método observacional   

Depois de tudo que já foi mencionado, vamos falar um pouco mais sobre como funciona o método observacional.

Basicamente, o método observacional refere-se a estratégia que segue o método científico, com o objetivo de poder observar e estudar as condutas das pessoas de modo não reativo.

Dito de outro modo, toda e qualquer pesquisa nesta metodologia, deve partir de um contexto natural, em que os sujeitos avaliados se comportem de modo espontâneo e onde o avaliado não intervenha nem modifique nenhum aspecto contextual.

Em função do fato do método observacional se encontrar dentro das distintas modalidades do método científico, também deve cumprir uma série de requisitos para ajustar-se a um procedimento formal que tenha sido desenvolvido de modo sequenciado, passo a passo e de modo ordenado, para que seja aplicado de uma forma estruturada.

Essa modalidade do método científico utiliza-se da técnica da observação, usando os instrumentos e recursos concretos que tenham sido desenhados especialmente para este tipo de método e com vistas a obter uma série de dados relacionados com as variáveis dos sujeitos que estão sendo analisados.

Estas variáveis devem ser de interesse para o observador de uma forma não reativa, por exemplo, podendo ser questionários, um bloco de notas, uma câmera de vídeo, entre outros.

 Conheça os modos de estudo observacional descritivo

Diferentes categorias e tipos de Estudo Observacional  

Principais tipos de estudo observacional 

Dentro do método observacional, você poderá encontrar diferentes tipos de estudos observacionais. A seguir, iremos listar quais são os principais:

  • Estudo observacional não-participante: o sujeito observado e o observador não têm relação, nem interação.
  • Estudo observacional participante: se encarrega de direcionar o sujeito observado, de forma que exista uma interação entre eles.
  • Estudo observacional participação-observação: tanto o observador, como o observado, tem entre eles uma menor distância psicológica.
  • Estudo observacional de auto-observação: quando um sujeito deve realizar a observação sobre si mesmo.
Principais diferenças que definem o Método Estudo Observacional

Vantagens e desvantagens no Método Observacional

Método observacional: vantagens e desvantagens

Os estudos observacionais têm diferentes aplicações em diversas ciências, incluindo aquelas que estudam a formação e natureza do universo.

Suas principais vantagens dizem respeito ao fato de que se trata de um estudo que é prático e factível de realizar, já que não requer de uma cooperação excessiva por parte dos indivíduos que colaboram.

Além disso, também permite que suas conclusões sejam gerais, o que garante que possam aplicar a setores mais amplos da população ou de aspectos naturais da realidade, evitando assim que você possa cair em casos excessivamente concretos e específicos.

No entanto, essas vantagens também podem levar a principal desvantagem deste tipo de estudo, que se deriva da possibilidade de repetição do estudo em forma de experimento.

Desse modo, a comparação com os resultados de outro pesquisador pode ser, em ocasiões, algo complicado, o que, por sua vez, requer a realização de um novo estudo por parte do segundo pesquisador.

E já com ambos os estudos em mãos, pode-se realizar uma comparação efetiva e suficientemente documentada.

Com tudo isso, o estudo observacional constitui-se de uma forma de pesquisa bastante reveladora em diferentes ciências que trabalham com elementos concretos da natureza, especialmente aqueles que estão relacionados de alguma maneira com o conceito de população, desde o nível microscópico até às sociedades humanas.

Regras valiosas para uma boa Pesquisa Observacional

Dicas importantes para uma boa Pesquisa Observacional 

Requisitos que deve cumprir uma pesquisa observacional 

Para que uma pesquisa observacional possa ser reconhecida como uma modalidade dentro do método científico e que também seja considerada confiável, primeiro ela deve contar com uma série de aspectos muito importantes, como os que comentaremos a seguir.

O observador tem que ser um especialista no uso desta metodologia, ou ao menos deveria ter sido treinado para aplicar esta classe de métodos com eficientes horas de prática, como para poder conduzir o estudo com sucesso, fazendo com que seu método observacional seja confiável.

Antes de começar com as suas observações, é necessário que você tenha estabelecido uma série de objetivos e hipóteses relacionadas com o que se pretende analisar mediante um método operacional.

Na hora de escolher o contexto no qual você vai conduzir a sua metodologia operacional, é necessário que previamente, se tenham escolhido o objetivo de observação, e que o mesmo seja perceptível.

Portanto, se você pretendia medir as emoções de uma pessoa aos seus pensamentos, não seria possível através deste método, por exemplo.

No entanto, poderíamos medir os intercâmbios de uma observação, os níveis de resposta mediante gestos, posturas, etc. Esses podem estar relacionados com o plano cognitivo das pessoas que iremos analisar.

O método observacional deve ser realizado em um contexto natural possível, com a finalidade de analisar as condutas das pessoas do modo mais confiável possível.

Ainda que existam aquelas ocasiões nas quais não seja possível realizar a observação em um contexto natural, é necessário que se utilize um contexto artificial, o mais parecido que seja ao natural para não perder sua credibilidade.

Aquele pesquisador que utilizar uma metodologia observacional deve assegurar-se de recolher os dados, seguindo uma sistematização.

Além disso, o autor do trabalho também deve procurar que seu método seja o mais objetivo possível, utilizando instrumentos de registro que não sejam invasivos e que possibilitem a observação em condições de controle.

Também deve considerar possibilidades de complementação com outros recursos técnicos, como, por exemplo, uma câmera de vídeo para coletar os dados necessários.

De modo definitivo, todos esses requisitos unidos formam a metodologia sistemática observacional, que frequentemente é utilizada pela área da psicologia, cuja ferramenta fundamental é a observação, sendo esta compreendida como um método científico e também como uma técnica.

Exemplo de estudo com metodologia observacional

Estudo Observacional: exemplo de estudo na escola

Exemplo de estudo observacional 

Destacamos em nossos exemplos de pesquisas prontas de hoje, trabalhos dentro da área de psicologia (entre outros). Assim você tem um comparativo.

Caso precise de um trabalho pronto dentro de sua área, escrito com seu tema, unicamente para você. Você pode adquirir aqui.

Ao longo do nosso conteúdo de hoje, você ficou sabendo mais a respeito do estudo observacional. Dentro da sua área de atuação, esse tipo de estudo é frequentemente realizado?

Você tem interesse em estudar o comportamento humano? Então este método pode ser uma ótima alternativa!

Deixe um comentário abaixo destacando o que você gostou mais de saber sobre o método observacional. Existe algum outro método de estudo que você também gostaria de obter maiores informações? Comente com a gente!

Deixe seu feedback. E considere compartilhar em sua rede social favorita. Ajude a divulgar nossos artigos.