Conheça neste artigo Modelos e Exemplos de Metodologia de Pesquisa para TCC através de explicações detalhadas dos diversos Tipos de Metodologia utilizados para preparar um TCC. Esperamos que você tenha uma ótima base através dos exemplos para auxiliar no momento de fazer a metodologia para o seu Trabalho de Conclusão de Curso, o tão temido TCC.

[…] poucas coisas cristalizam incompetência mais gritante do que a despreocupação metodológica. Pedro Demo

Para começar, você precisa saber o que é esse negócio chamado metodologia e que intriga tanto os estudantes no momento de realizar uma pesquisa de TCC? Qual a diferença de método, metodologia e técnicas de pesquisa?

Veja o que você vai encontrar neste artigo.

 

Saiba o que é Metodologia de Pesquisa para TCC

Você sabe o que é Metodologia de Pesquisa para TCC e qual sua finalidade?


Conceito e finalidade da metodologia para TCC

Metodologia: em sua origem o termo significa estudo dos caminhos, dos instrumentos utilizados na busca incessante em se “fazer ciência”.

A metodologia é tratada como uma disciplina que estuda e percorre os caminhos necessários à elevação de uma investigação ao patamar de pesquisa científica. Constitui-se como meio imprescindível no processo de elaboração e validade da produção de conhecimento. 

“Ao mesmo tempo que visa conhecer caminhos do processo científico, também problematiza criticamente, no sentido de indagar os limites da ciência, seja com referência à capacidade de conhecer, seja com referência à capacidade de intervir na realidade.” (DEMO, 1995, p. 11)

O que é método?

É importante a reflexão de que, todas as pessoas têm uma prática que guia suas ações na realidade social em que vive. Essa prática é interiorizada por meio de um processo de aprendizagem cotidianamente em nossas vidas, seja por meio do convívio com a família, da vivência na escola, ou com os amigos.

O que muitas vezes não se tem clareza ou noção é de que, essa prática é guiada por uma consciência teórica. Essa consciência teórica, conscientemente ou não, se traduz em uma concepção de mundo, de homem, da natureza.

Para finalizar esse raciocínio: é essa consciência teórica que faz toda diferença no momento de determinar uma forma de buscar e produzir conhecimento sobre o mundo e a realidade posta. Tudo para dizer que, esse esquema de percepção de ação, de acordo com uma visão de mundo é o que se conhece por paradigma.

→ Paradigma, portanto, se constitui em um exemplo, um modelo, um padrão. Seguindo esse raciocínio, um modelo teórico se torna em um modo de explicação, uma construção teórica que serve para análise e explicação de uma realidade concreta.

Complexo? Claro. Mas vai ficar mais tranquilo. Por aí se tem uma noção do quanto o processo de construção do conhecimento é árduo. Mas esse é o caminho da práxis na produção histórica do conhecimento. É desse modo que se obtém explicações sobre fatos e fenômenos, sejam naturais ou sociais: o método. 

O método científico é o parâmetro para se alcançar o conhecimento verdadeiro, para a experimentação, é a fonte de autoridade para a edificação e validação do saber. (PÁDUA, 2004)

Sem o método científico, uma pesquisa não tem validade acadêmica e é descreditada. Os métodos mais conhecidos são: método histórico dialético, método positivista e método estruturalista e método praxiológico.

Exemplo de método científico para TCC

 

Pádua (2004, p. 33) ao refletir sobre isso explica que:

É neste sentido que se utilizam as expressões método dialético, método positivista, método estruturalista, por exemplo, na perspectiva de que cada um tem sua visão de mundo, concepção de homem, pressupostos ético-filosóficos, que determinam suas diretrizes e procedimentos para a atividade de pesquisa, seus entendimentos sobre o processo de produção do conhecimento, bem como a forma de articulação dos conceitos e categorias para análise da realidade.

O que se vê na academia, atualmente, é que, todas as áreas de conhecimento buscam adequação aos princípios da racionalidade e objetividade científica inerente aos métodos, para se erguer ao patamar de ciência: humanas, exatas e da natureza. Assim, o conhecimento produzido por cada área do saber se caracteriza como saber científico, conhecimento científico e constitui uma epistemologia própria.

No processo de desenvolvimento de uma pesquisa a epistemologia, o método e os procedimentos técnicos são indissociáveis durante toda investigação, durante todo pesquisar…

Clareou um pouco as ideias? Espera-se que sim e vamos ao próximo tópico!

 

Tipos de metodologia para TCC

Quais são os tipos de metodologia de pesquisa para TCC


Quais os tipos de metodologia de pesquisa para TCC?

São três as tendências ou abordagens metodológicas mais aceitas de se realizar uma pesquisa no TCC: pesquisa qualitativa, quantitativa e quanti-qualitativa.

É isso mesmo, um modo de abordar a pesquisa no TCC não exclui o outro! Pelo contrário, tem sido aceito e, até mesmo, recomendável a complementação de um tipo de abordagem pesquisa com o outro.

Embora, historicamente, a medida que foram se legitimando e consolidando os procedimentos qualitativos nas ciências humanas, tenha se estabelecido um certo preconceito com relação às análises quantitativas, não se pode excluí-las do horizonte do pesquisador, como se em todas as atividades de investigação tivéssemos que optar – ou pesquisa qualitativa, ou pesquisa quantitativa. (PÁDUA, 2004, p.36).

A abordagem qualitativa, por meio de seus procedimentos, tende a superar os limites das análises exclusivamente quantitativas. Esse método de abordagem de pesquisa tem seus pressupostos calcados, principalmente, nos métodos dialético e praxiológico e na fenomenologia. São utilizados pela preocupação em desvelar, explicar o significado dos fenômenos e processos sociais.

 

Exemplo: Muitas vezes o problema a ser investigado no TCC exige que se pesquise um universo amplo de pessoas, não sendo, necessariamente, uma pesquisa quantitativa.

 

Tipos de Pesquisa
Categorização de Tipos de Pesquisa

Uma categorização de tipos de pesquisa geralmente é feita em quatro gêneros:

  1. Pesquisa teórica: se dedica ao aprofundamento dos estudos teóricos, aprofundamentos acerca de obras, autores, métodos, e também buscar aperfeiçoar conceitos;
  2. Pesquisa metodológica: tem como ponto primordial o estudo de instrumentos, caminhos, modos de se fazer ciência, ou ainda, intenta produzir técnicas de abordagem da realidade e discutir abordagens;
  3. Pesquisa empírica: esse tipo de pesquisa busca codificar a face mensurável da realidade social;
  4. Pesquisa prática: visa intervir na realidade social, e abarca algumas metodologias alternativas como pesquisa participante, avaliação qualitativa, pesquisa-ação etc;

 

A pesquisa participante ou pesquisa-ação (alguns autores as diferenciam e outros dão o mesmo tratamento) ainda é pouco utilizada, mas é uma metodologia de pesquisa dialógica e requer do pesquisador uma formação teórica e política aprofundada em que poucos se aventuram a desenvolvê-la.

O papel mais importante desse tipo de pesquisa é um processo que visa identificar coletivamente um problema (em sua fase diagnóstica), buscar meios coletivos e participativos de organização política para resolução. Pretende emancipar os sujeitos participantes e tem estreita relação com as metodologias participativas e pressupostos da educação popular.

A pesquisa participante ou pesquisa-ação tem natureza educativa e política, tanto para o pesquisador quanto para comunidade ou grupo. Algumas referências nessa área são: Carlos Rodrigues Brandão e Michel Thiollent e Pedro Demo.

→ A maior preocupação do pesquisador no seu TCC não deve ser qual tipo de pesquisa utilizar ou se deve utilizar um ou outro, ou se pode “misturar” os dois. A preocupação maior para elaborar o TCC deve ser, sempre, a de buscar responder as perguntas levantadas e os objetivos traçados, utilizando para isso, todos os recursos metodológicos que lhe convir.

Pierre Bourdieu já dizia: é proibido proibir! Livrai-vos dos cães de guarda metodológicos!

Mas uma ponderação: isso não quer dizer que não se deve utilizar a metodologia, pelo contrário, não se deve “estar amarrado” com uma metodologia A ou B, deve-se utilizar com todo rigor metodológico, os recursos disponíveis.

Os procedimentos metodológicos e as técnicas de pesquisa devem ser contextualizados e são instrumentos que servem para auxiliar o pesquisador, tanto em pesquisas qualitativas como quantitativas na elaboração do TCC.

 

Aprenda como fazer a metodologia do TCC

Saiba como fazer a Metodologia do TCC


Como fazer a metodologia de pesquisa para o TCC

Para fazer a metodologia para o TCC, o pesquisador deve realizar uma descrição formal da abordagem, método e técnicas utilizadas no desenvolvimento da pesquisa, bem como deve indicar o quadro teórico pelo qual optou.

A metodologia no Trabalho de Conclusão de Curso abarca todo universo do campo da pesquisa, tais como o espaço onde será desenvolvida, escolha do grupo, comunidade, instituição a ser pesquisada, amostragem e seus critérios/justificativa de escolha e, por fim, os instrumentos e procedimentos para realizar a análise de dados.

De maneira ampla, pode-se categorizar o processo de elaboração da metodologia de pesquisa de um TCC em cinco etapas fundamentais:

  1. Definição da amostragem;
  2. Coleta de dados;
  3. Organização dos dados;
  4. Análise dos dados;
  5. Escrita do trabalho.

Esses processos constituem e são constituídos pela elaboração da pesquisa em si. Não se deve esquecer que há uma etapa extremamente importante e anterior a esta: a a elaboração do projeto de pesquisa para o TCC.

 

Leia mais sobre a elaboração do projeto de pesquisa para o TCC.

Pre Projeto de Pesquisa Pronto

Como Fazer um Projeto de Pesquisa Passo a Passo

Projetos de Pesquisa em Educação com Exemplos Comentados

Normas ABNT para Elaborar Projeto de Pesquisa

Como Fazer um Projeto de Pesquisa para Mestrado

 

5 etapas fundamentais para preparar a Metodologia de Pesquisa

Siga estas etapas para fazer a Metodologia do TCC

1 – Definição da amostragem no TCC

Deve se descrever e justificar as pessoas a serem investigadas, ou o fato de se ter optado por pesquisar um determinado grupo, comunidade ou instituição em detrimento de outro.

Um ponto importante a ser lembrado é de que a pesquisa qualitativa não se fundamenta em quantidade, em números para se justificar. A justificativa aqui é de pesquisar os sujeitos ou instituições que tenham maior relação com o problema investigado e que permita abranger a totalidade do problema.

Exemplo: ao se pesquisar qual perfil socioeconômico dos professores do ensino superior de uma instituição X, deve-se pesquisar todos os professores da instituição. Se restringir a pesquisa para os professores de um curso, os pesquisados serão os professores desse curso.

2 – Coleta de dados no TCC

Nessa fase o pesquisador mergulha no campo de pesquisa com a finalidade de coletar dados de diversas naturezas e com intuito claro: responder o problema e atingir seus objetivos.

Para isso, deve descrever toda e qualquer técnica que foi utilizada para captação da realidade em sua totalidade, deve descrever por que e o que utilizou: pesquisa teórica, quais fontes, pesquisa documental, pesquisa exploratória, pesquisa experimental, entrevistas, questionários, formulários, relatórios diversos, observação, observação participante, dentre outras técnicas.

 

Coleta e Organização de dados

3 – Organização dos dados

Nesse momento deverá descrever como classificou, tabulou, categorizou todas informações coletadas, dar tratamento estatístico se for o caso.

 

4 – Análise de dados do TCC

Vários autores não diferenciam a organização e a análise de dados. Mas o que deve ficar claro é que essa divisão de etapas é muito didática do que formal. Uma etapa não exclui a outra e dialogam o tempo todo entre si, estão inter-relacionadas e acontecem concomitantemente.

Nessa etapa de elaboração do TCC deve-se fazer a análise do material coletado e relacionar os dados obtidos com o arcabouço teórico de sustentação da pesquisa. É o momento de relacionar o real com o empírico, a teoria com a prática, o singular com o universal.

Esse é um ponto que será mais elaborado nesse tópico. Acompanhe como realizar a análise de dados do TCC.

Vejamos uma observação de Demo (1995, p. 11):

Alguns entendem por pesquisa o trabalho de coletar dados, sistematizá-los e, a partir daí, fazer uma descrição da realidade. Outros fixam-se no patamar teórico e entendem por pesquisa o estudo e a produção de quadros teóricos de referência, que estariam na origem da explicação da realidade. Descrever restringe-se a constatar o que existe. Explicar corresponde a desvendar por que existe.

Muitos acadêmicos nesse momento de elaboração da análise de dados do TCC apenas descrevem os dados coletados e não conseguem explicar o fato, fenômeno, objeto pesquisado.

Nessa fase pode ser utilizada a categorização para classificações que facilitem a análise dos dados coletados. As categorias são elementos que possuem características semelhantes, que podem ser agrupadas, tais como palavras, expressões, ideias que remetam à um conceito chave ou elemento chave da análise. Pode ser utilizada em qualquer pesquisa qualitativa.

Uma técnica semelhante à categorização e que também pode ser utilizada é a análise de conteúdo ou análise de discurso.

Essa técnica é utilizada principalmente para desvelar o sentido real dos conteúdos coletados, indo além da mera aparência. Essa técnica é bastante utilizada para análises de discursos, de depoimentos, de obras literárias, jornais, revistas, análise de livros de didáticos.

 

Exemplo: ao investigar currículos escolares, essa técnica serve para evidenciar ideologias subjacentes, ou que se chama de currículo oculto no âmbito de investigações na área da educação formal escolar.

5 – Escrita do trabalho

É a fase de redação do TCC. Mas como dito anteriormente, as etapas são inter-relacionais, o que não quer dizer que esta é a última etapa, pois a redação inicia lá na fase de elaboração do projeto de pesquisa para o TCC.

Após tabular, categorizar, ou seja, organizar os dados é imprescindível que faça articulação com o referencial teórico de sustentação da pesquisa, baseando na problemática posta e nos objetivos da pesquisa, relacionando a teoria e a prática nesse movimento de práxis que permite avançar o conhecimento científico provisoriamente.

Exemplo de Metodologia do TCC

Confira aqui um modelo pronto de elaboração da metodologia para TCC

A presente pesquisa teve início a partir da realização de uma pesquisa exploratória que procurou entender o estado atual do objeto de estudo (colocar aqui qual seu objeto de estudo e o que tem sido produzido na área de investigação proposta). Posteriormente, foi elaborado um projeto de pesquisa delimitando o problema (colocar o problema da sua pesquisa e a temática) e a temática, os objetivos e a metodologia.

O tipo de abordagem utilizado foi o da pesquisa qualitativa. Para desenvolvimento da pesquisa utilizou-se uma pesquisa bibliográfica, identificando possíveis publicações sobre o objeto de estudo em questão (relatar qual seu objeto de estudo), e como fundamentação teórica utilizou-se os principais autores que são referência para esse estudo, tais como: (citar os principais autores utilizados no âmbito do tema estudado de maneira geral, dos conceitos estudados e autores que tratam da metodologia).

Para realizar o estudo foi necessário desenvolver uma pesquisa em campo (se for o caso do seu trabalho) no local X (descrever o locais ou locais em que se pesquisou), com o universo de Y pessoas (descrever quais pessoas e quantas foram pesquisadas e justificar porque escolheu essa amostragem).

Foi necessário também fazer uma pesquisa documental com coleta de dados primários (ou secundários, verificar qual sua fonte de dados e como ela se caracteriza). Para investigar os sujeitos (descrever quem foram) aplicou-se um questionário para coleta de dados (explicar quais dados coletou com o questionário. O questionário é um exemplo, aqui, você irá explicar minuciosamente cada técnica utilizada e porque ela foi utilizada, com o propósito de investigar quem e coletar quais informações. Poderia ser entrevista, formulário, e-mail, pesquisa realizada on line, dentre outras técnicas.)

Observação: Geralmente, não se descreve o método utilizado, este deve ser empreendido de modo prático no desenvolvimento do trabalho, na base teórica que utilizou para fundamentar a escrita, ou seja, deve transparecer durante todo percurso da pesquisa, do início ao final, de modo que o leitor identifique o método a partir do modus operandi de construção e desenvolvimento da pesquisa científica.

→ Esperamos que você tenha aproveitado o artigo, que ele tenha apresentado de forma clara como fazer a metodologia do TCC, os Tipos de Metodologia de Pesquisa e que os exemplos de Metodologia de Pesquisa para TCC tenham sido úteis a você. Aproveite outros artigos relacionados acessando a home do nosso site AlunoExpert, ou mesmo a partir dos links abaixo.

➡ Procedimentos Metodológicos, Método e Metodologia de Pesquisa
➡ Como Fazer um Projeto de Pesquisa Passo a Passo

Compre um método PASSO A PASSO para fazer TODA sua pesquisa
➡ Conheça as Normas ABNT para Projeto de Pesquisa
➡ Onde Pesquisar autores para escrever seu referencial teórico
➡ Exemplos prontos de Problematização e Hipótese
➡ Onde adquirir um esboço de sua pesquisa EXATAMENTE como seu tema?
➡ O que é TCC?
➡ Como escolher um Tema para TCC?
Como Delimitar um Tema?
O que é Problema de Pesquisa?

REFERÊNCIAS

DEMO. Pedro. Metodologia científica em ciências sociais. São Paulo: Atlas, 1995. (aqui e aqui)

GOMES. Romeu. A análise de dados na pesquisa qualitativa. In: MINAYO. Maria Cecília de Souza (Org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis, RJ: Vozes, 1994. (aqui e aqui)

PÁDUA. Elisabete Matallo Marchesini de. Metodologia da pesquisa: abordagem teórico-prática. Campinas, SP: Papirus, 2004. (aqui e aqui)