Método Indutivo Exemplo

Aprenda Método Indutivo com nossos exemplos

Se você está prestes a realizar uma pesquisa e precisa aplicar um método de investigação, este artigo será de grande ajuda para você. Conheça em nosso conteúdo de hoje o Método Indutivo, com exemplos, para ficar tudo bem explicado!

Desta vez, separamos um guia completo, em que explicaremos detalhadamente o que é o método indutivo e quais são as suas principais características, para que você possa usá-lo, caso este tipo de método de pesquisa se aplique aos seus propósitos.

Preste atenção, tome nota e aproveite!

O que é Conceito de Método Indutivo?

Conceito e significado de Método Indutivo

O que é o método indutivo?

Vamos começar com o conceito e significado de Método de Pesquisa Indutivo.

O raciocínio ou método indutivo pode ser entendido como um dos pilares do pensamento científico. Surgiu como contrapartida ao método dedutivo na obra Novum Organum, publicada em 1620 por Sir Francis Bacon, defensor da observação e experimentação. Mais tarde, foi estudado e refinado por David Hume, John Herschel e John Stuart Mill, entre outros.

Consiste, basicamente, em ir de premissas particulares a premissas gerais.

A palavra premissa nomeia as duas primeiras proposições de um silogismo, das quais a conclusão é inferida e extraída. Por sua vez, o silogismo é um argumento de três proposições, onde a última é deduzida das anteriores.

O primeiro passo é observar o fenômeno.

Então, você tem que estabelecer padrões possíveis. Finalmente, chegar a uma teoria generalizada: a conclusão. É claro que muitos casos devem ser estudados e, para que seja verdade, nenhum deve contradizer a conclusão.

Em outras palavras, uma abordagem ou método indutivo, também conhecida como raciocínio indutivo, começa com observações e, a partir delas, teorias são propostas até o final do processo de pesquisa, que acaba sendo o produto dessas observações.

Por fim, podemos dizer que o raciocínio indutivo é aquele que passa de observações específicas para conjecturas amplas, ou seja, generalizações.

 Método Indutivo: quais os diferentes formatos?

3 tipos de métodos de pesquisa indutivo

Tipos de métodos de pesquisa indutivo

Fique sabendo que existem diferentes modos de se fazer uso do método indutivo de estudo, e tudo dependerá do contexto ou situação em que determinada pesquisa se aplica.

De modo geral, o método indutivo tem uma divisão em três formatos básicos:

1- Método indutivo por generalização indutiva

Neste tipo de método, o raciocínio indutivo apresenta uma situação, faz análises das evidências e das situações similares observadas no passado, além de também tirar uma conclusão com base nas informações disponíveis.

Podemos citar como exemplo que, nos últimos três anos, a empresa X superou sua meta de receita no terceiro trimestre. Baseando-nos nessas informações, é possível que a empresa consiga superar a sua meta de receita no terceiro trimestre deste ano.

2- Método de Indução estatística

Esse tipo de método costuma usar os dados estatísticos para que o pesquisador possa tirar conclusões, tais como: “90% da equipe de vendas de uma empresa X atingiu a cota no mês passado. João está dentro da equipe de vendas. João provavelmente conseguiu atingir a sua cota de vendas no mês passado.

Nesse tipo de instância, estamos fazendo uso de evidências de cunho estatístico para informar uma conclusão.

Embora a indução estatística tenha a característica de exigir mais contexto para um possível resultado ou previsão, é importante lembrar que novas evidências podem variar de pesquisas anteriores e podem provar que uma teoria está errada.

3- Método por Indução de confirmação

No caso do método por indução de confirmação, ele permite chegar a uma certa conclusão possível.

No entanto, ele deve incluir suposições específicas que devem ser incluídas para que o resultado seja aceito. Esse tipo de raciocínio indutivo é frequentemente usado por policiais e detetives, por exemplo.

Características do Método Indutivo

Método Indutivo: características principais

Características do método indutivo

Vamos agora abordar todas as principais características do Método Indutivo?

Podemos afirmar que as conclusões em um estudo científico têm probabilidade, mas não são 100% certas.

Um aspecto importante no método indutivo é que suas conclusões podem ter pouca certeza, por isso são chamadas de prováveis, mas nem sempre estão relacionadas a uma verdade.

Isso acontece porque determinados eventos podem não ter sido devidamente examinados, causando problemas na hora de fazer comparações e tirar conclusões, tendo em vista que a veracidade dos fatos seria alterada.

Veja mais detalhes sobre as características do método indutivo a seguir:

CARACTERÍSTICAS: O Método Indutivo Motiva a realização de novos estudos

O método de raciocínio indutivo destaca-se por ter o poder de motivar os indivíduos a realizarem novas pesquisas sobre um tema previamente abordado.

Isto é feito com o intuito de agregar conteúdo ou contradizer as ideias e teorias que foram expostas anteriormente.

Por esse motivo, o objetivo do método indutivo é que as pessoas tenham um aprendizado contínuo.

CARACTERÍSTICAS: Generaliza a partir de eventos específicos

Esse método funciona como uma espécie de quebra-cabeça no qual as pessoas analisam as formas como as diferentes peças se encaixam.

Isso é desenvolvido com o objetivo final de conectá-las, umas às outras, e criar uma figura inteira e completa. É por isso que o método indutivo se origina de fatos particulares para obter conclusões gerais.

Diferindo do método dedutivo (Conheça a diferença entre Método Dedutivo e Indutivo) que começa com premissas gerais para obter conclusões específicas. Em palavras mais simples. Antes de criar uma abordagem indutiva, é realizada uma avaliação dos vários eventos específicos.

O objetivo é que as pessoas façam uma análise separada de cada evento ou ocorrência e posteriormente os relacionem com o objetivo de chegar a uma conclusão generalizada.

Saiba quais são as etapas do Método Indutivo

Conheça as etapas do desenvolvimento do Método Indutivo

Etapas do Método Indutivo

Quando as pessoas fazem uso do método indutivo, elas utilizam as seguintes etapas: observação, comparação de dados, obtenção de resultados com lógica e construção de uma explicação em geral.

  • Observação

O elemento mais importante ao iniciar um estudo com o método indutivo é a observação, tendo em vista que inicialmente as pessoas examinam os fatos individualmente para coletar as informações que precisam usar como forma de justificar as suas ideias.

  • Padrões são estabelecidos

Quando os fatos foram observados, os indivíduos têm o foco para fazer a comparação. Isso significa que eles classificam os dados que conseguiram registrar e determinam a importância dos eventos, vinculados entre si.

  • Desenvolver uma teoria

Ao final, usando como base as observações que foram feitas, juntamente com o padrão capturado, é elaborada a exposição de uma teoria.

Exemplo de Método Indutivo

Exemplos em PDF de Pesquisas que utilizam Método Indutivo 

Exemplo de Método Indutivo

Para você que precisa de um exemplo de método indutivo em pesquisa científica, separamos duas opções disponíveis.

  • Se você precisa adquirir uma pesquisa pronta, com seu tema, escrita para você por profissionais acadêmicos, acesse aqui.
  • Para você que quer um exemplo para ter como base, é só acessar o link.

Vantagens do Método Indutivo

Veja a seguir quais são as principais vantagens na adesão de um método indutivo em uma pesquisa:

  • Com o método de indução completo, é possível estudar com precisão cada um dos elementos que fazem parte de uma pesquisa.
  • Analisa vários elementos separadamente e com o estudo estabelecem-se hipóteses ou modelos gerais que se aplicam a cada um dos elementos de estudo e ao universo completo a que pertence.
  • É mais eficaz para correção de erros.
  • O fim do produto é a conclusão e não o começo.
  • Há apenas uma interpretação.
  • É um método fácil para pessoas com, ou sem experiência.

O método indutivo é importante, porque os fatos examinados são lógicos e as ideias apresentadas são coerentes. No entanto, as teorias induzidas se destacam porque podem estar erradas ou incompletas, isso ocorre quando focam apenas em alguns eventos e nem toda a realidade é observada.

Desvantagens do Método Indutivo

Ao usar o método incompleto de indução, existem alvos de estudo que não podem ser totalmente identificados e numerados. Portanto, existe o risco de que generalizações errôneas sejam feitas, por não se conhecer a amostra significativa.

E aí? A partir do momento que você tem todas as informações sobre o método indutivo, ainda tem interesse em desenvolver uma pesquisa com esse tipo de abordagem? Deixe seu comentário abaixo!

Conseguiu aprender sobre Método Indutivo, com nosso exemplo?

Considere deixar seu comentário e compartilhar em sua rede social favorita. Ajude a divulgar nossos artigos.

→ Aprenda mais com nossos outros artigos: