Tudo a respeito de Pesquisa Quantitativa Descritiva

Conheça mais sobre Pesquisa Quantitativa Descritiva

Caso você esteja querendo desenvolver uma pesquisa quantitativa descritiva, mas não saiba muito bem por onde começar, neste artigo você aprenderá tudo a respeito.

Para ficar tudo mais claro, vamos ser diretos e começar com o conceito. Então, o que é uma pesquisa quantitativa descritiva?

Depois, vamos trazer suas características e apresentar para você exemplo deste tipo de pesquisa!

Vamos lá?

Primeiramente, fique sabendo que a pesquisa descritiva, de modo geral, se encarrega de pontuar as características da população que está sendo estudada, fazendo tudo de forma descritiva, mas sem analisar criticamente o contexto investigado.

Em outras palavras, podemos dizer que esta metodologia está centralizada mais no “o quê” de um fenômeno investigado, do que o porquê de determinado ponto de pesquisa.

Assim, o objetivo de um método descritivo é o de descrever a natureza de um determinado segmento demográfico.

Enquanto ciência, a pesquisa descritiva busca centralizar-se nas razões pelas quais se produz um determinado fenômeno, ou seja, apenas descreve o tema de uma pesquisa, sem ficar discutindo o porquê dela ocorrer.

Por exemplo, uma marca de roupas que quer saber as tendências de compra de moda entre compradores brasileiros, desenvolverá uma pesquisa com questionário demográfico da região pretendida.

Fazendo isso, buscará recolher os dados da população e, na sequência, realizará uma pesquisa descritiva sobre este segmento democrático.

Desse modo, a pesquisa descritiva se refere à forma como você irá organizar a sua pesquisa, criando as perguntas e analisando os dados que serão levantados sobre o tema.

Este tipo de pesquisa também é conhecido como método de pesquisa observacional, tendo em vista que nenhuma das variáveis que formam parte do estudo estão influenciadas.

Mas isso que estamos comentando, descreve apenas um método descritivo de pesquisa. A seguir, iremos apresentar mais detalhes sobre a pesquisa descritiva de cunho quantitativo. Confira com exclusividade todas as informações!

Objetivos da Pesquisa Quantitativa Descritiva

Características da Pesquisa Quantitativa Descritiva

Entendendo melhor a pesquisa quantitativa descritiva   

De modo geral, a ciência se baseia em métodos de pesquisa para criar e produzir conhecimento.

Estes métodos, dito a grosso modo, podem ser quantitativos ou qualitativos, mas ambos se enfocam no mesmo ponto, o trabalho teórico com a descrição de um estudo.

O principal objetivo da pesquisa descritiva consiste em fazer com que determinados grupos tomem conhecimento sobre situações, costumes, e atitudes predominantes, através da descrição exata das atividades, objetos, processos e pessoas.

A pesquisa quantitativa descritiva, por exemplo, nada mais é do que um método que busca coletar as informações quantificáveis para serem utilizadas na análise estatística da mostra de determinada população estudada.

O método toma como ponto de partida em uma pesquisa a dedução, analisando uma série de variáveis, ou seja, associa parâmetros quantificáveis, cujo objetivo é analisar uma teoria.

Os métodos utilizados são: as fontes documentais e estatísticas, medicação e observação sistemática e aplicação de questionários.

Além disso, pode ser entendida como uma ferramenta popular de pesquisa de mercado que permite coletar e descrever a natureza de determinado segmento demográfico.

Também poderemos dizer que a pesquisa quantitativa descritiva coleta os dados que se centralizam principalmente em números e valores. Isso não ocorre no método descritivo qualitativo, por exemplo.

Os resultados da observação quantitativa podem ser obtidos utilizando métodos de análise estatísticos e numéricos, tais como a idade, a forma, o peso, o volume, a escala, etc.

Outras características da pesquisa quantitativa descritiva são as seguintes:

  • Variáveis não controladas: Na pesquisa descritiva quantitativa, nenhuma das variáveis está influenciada de nenhuma maneira, mas sim que utiliza métodos de observação para se conduzir determinado estudo. Portanto, a natureza das variáveis ou o seu comportamento não está nas mãos do pesquisador.
  • Estudos transversais: a pesquisa descritiva quantitativa, geralmente é um estudo transversal de diferentes seções pertencentes ao mesmo grupo.
Onde usar a Pesquisa Quantitativa Descritiva?

Organize e estruture a Pesquisa Quantitativa Descritiva 

Quando e onde utilizar a pesquisa quantitativa descritiva? 

Só a pesquisa quantitativa descritiva pode ser utilizada de múltiplas maneiras e por diferentes razões.

No entanto, antes de criar e aplicar qualquer tipo de questionário é importante definir os objetivos do seu estudo.

O cuidado com a estrutura da pesquisa quantitativa descritiva é muito importante, mas apesar de seguir estes passos, não existe uma maneira de saber se se obterá os resultados desejados.

Para que seja possível entender o objetivo final da pesquisa quantitativa descritiva, aqui deixamos algumas formas de organização que são utilizados atualmente dentro deste método de pesquisa:

  • Definir as características dos pesquisados: O objetivo de utilizar perguntas fechadas é tirar conclusões sobre os pesquisados, encontrar padrões, características, rasgos ou comportamentos. O autor do trabalho também pode entender as atitudes e opiniões dos entrevistados sobre o fenômeno em questão.
  • Medir as tendências dos dados: as tendências dos dados podem ser medidas ao longo do tempo, graças à capacidade estatística da pesquisa descritiva.
Dicas com exemplo de Pesquisa Quantitativa Descritiva

Exemplo Passo a passo de Pesquisa Quantitativa Descritiva

Exemplo de pesquisa quantitativa descritiva  

Para ficar mais passo a passo, trazemos um exemplo de pesquisa quantitativa descritiva. Vamos entender melhor?

Na hora de desenvolver uma pesquisa quantitativa descritiva deveremos empregar alguns métodos essenciais. São eles:

  • Positivismo lógico: nesse caso, o autor da pesquisa deve buscar os fatos ou causas dos fenômenos, prestando mais atenção aos estados subjetivos dos indivíduos.
  • Fazer uma medição penetrante e controlada.
  • Seu objetivo de estudo deve ser coletar dados, perspectivas com um olhar desde fora sobre o fenômeno.
  • O texto deverá estar orientado ao resultado, com dados confiáveis, sólidos e que possam ser reproduzidos por outros especialistas na área.
  • Generalizável: desenvolvimento de estudo de casos múltiplos;
  • Assume uma realidade estável.

Dito isso, um bom exemplo de pesquisa quantitativa descritiva é a realização de um censo de uma população X, com a finalidade de obter os dados sobre a porcentagem de pessoas que habitam determinada região, podendo ser um país, uma província ou um estado.

Com esse tema, você desenvolve o estudo da mesma forma que uma pesquisa convencional, ou seja, parte para a definição dos seguintes tópicos:

  • Título do estudo: sua pesquisa descritiva quantitativa pode ser “Analisando quantitativamente o censo populacional brasileiro entre os anos 2000 e 2022”.
  • Objetivos do estudo: podem ser “Fazer uma análise acerca das mudanças demográficas ocorridas no Brasil entre os anos 2000 e 2022”.
  • Metodologia de estudo: neste tópico você deverá especificar ao seu leitor que seu estudo é de cunho quantitativo, ou seja, que se enfocará em dados quantificáveis para desenvolver sua pesquisa. Além disso, também é importante sinalizar que a pesquisa é descritiva. Não basta apenas descrever, também é importante que traga uma fundamentação teórica, com textos que possam dar validez ao seu discurso.
  • Apresentação da forma como os dados serão coletados: se você irá analisar o censo, por exemplo, é importante especificar ao seu leitor como fará essa coleta, se possui algum informante, irá analisar os dados presentes no site oficial da instituição, ou em outra fonte. Descrever tudo é a peça chave nessas horas, pois seu leitor precisa estar ciente dos passos que você deu, caso no futuro queira reproduzir a mesma pesquisa.
  • Fundamentação teórica: não basta apenas fundamentar o método, também é importante que traga outros autores que lhe deem suporte para a descrição dessas informações. Lembre-se que o método descritivo não analisa o “porquê” dos fatos, mas apenas os descreve, para que outros possam tomar conhecimento de determinados acontecimentos.
  • Considerações finais: as considerações finais da sua pesquisa quantitativa descritiva não devem concluir nenhum fato, já que mais uma vez o objetivo aqui é descrever uma realidade ou fenômeno.

Viu só como é fácil desenvolver um estudo descritivo quantitativo?

Não existe nenhum mistério, desde que você tome alguns cuidados para não tentar analisar as informações que coletar na sua pesquisa.

Afinal de contas, o objetivo deste tipo de pesquisa é descrever fenômenos.

E aí? Qual fenômeno você gostaria de analisar e descrever na sua área de atuação? Comente abaixo!

Aprenda mais com nossos outros artigos: